Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Como Cabo Delgado é culpa de todos nós

por A Mona Lisa tinha Gases, em 03.04.21

Chocante, não é?

Como é que nós, que vivemos a nossa vida tranquila na União Europeia, temos alguma culpa na carnificina que ocorre agora diariamente em Moçambique?

Analisemos.

Cabo Delgado era o paraíso, certo? O local para onde íamos de férias comer o belo camarão-tigre a preços irrisórios e apreciar a natureza no seu estado mais selvagem e intocado.

O que nunca pensámos, porque nunca pensamos habitualmente quando estamos de férias num país sub-desenvolvido cuja população vive maioritariamente abaixo do limiar da pobreza, é qual é o nível de vida dos locais que nos servem esse belo camarão tigre.

Moçambique é um país em vias de desenvolvimento. E o que é que isso significa, na verdade? Não, não significa só grande dependência de combustíveis fósseis. Significa gente a viver em barracas de madeira e a viver com menos de um dólar por dia. Significa grande investimento em construção e pouco investimento em recursos humanos. Significa, com sorte e com líderes competentes, que partes do país se tornarão mais industrializadas e "civilizadas", mas que outras partes continuarão ainda na miséria para alimentar essas mesmas partes bonitas e turísticas e que gostamos tanto de visitar. Porque é barato, e porque é o paraíso e porque as pessoas são acolhedoras.

E então o que é que nós fazemos? Nós, que temos dinheiro para viajar pelo mundo e comer camarão tigre à beira da piscina? Fechamos os olhos. Contentamo-nos em passar aquela semana no paraíso, confortados com a ideia de que estamos a levar o nosso dinheiro para um país que precisa dele. E ignoramos o resto. Ignoramos que famílias que precisam de alimentar os filhos estão reféns de grupos que lhes levam mais miséria disfarçada de oportunidade.

A incursão jihadista em Cabo Delgado começou em 2017. E quando é que demos por ela? Quando a Total se sentiu ameaçada. Quando os grandes grupos industriais que exploram os recursos do país enfrentaram o potencial interrompimento das suas actividades. Quando as decapitações começaram a ser notícia internacional porque já estavam na proximidade dos interesses internacionais.

Até agora podíamos todos ignorar a realidade. Porque não tinha grande impacto na nossa vida. Como sempre! Que ninguém se engane. Nascer num país com recursos, direitos humanos, dinheiro, é só um acaso. Ignorar outras partes do mundo que não têm essa sorte ou que estão do outro lado do espectro por pura coincidência ou por imposição histórica é criminoso. 

Principalmente quando estamos a ignorar a ameaça jihadista. 

Mais cedo ou mais tarde, o karma vai funcionar de forma espectuacular. E certamente, alguém se vai queixar que não foi avisado...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:34



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Ninguém percebe o Leonardo. A Mona Lisa nao estava a sorrir, estava com gases. É o primeiro registo de arte escatológica.

E-mail
Facebook
No Twitter

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D


Links

Outros Gases



Favoritos