Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



E fez-se escuridao

por A Mona Lisa tinha Gases, em 15.09.10

Estou aqui que nem posso de indignação.

 E devo desde já fazer um aviso a navegação de que este post será escrito sem acentos. O meu computador tem um bicho qualquer doido que me faz isto aos acentos: p~~ao. Bonito, não e? Portanto, os que o corrector não apanhar, lamento.

 

Como eu dizia, a minha mãe diz que há coisas do diabo. Eu acho que há coisas da EDP.

No fim do mês passado cheguei a casa e não tinha luz. Achava que tinha que a pagar no fim de Setembro e afinal era em fim de Agosto. Esta cena de as facturas só virem de dois em dois meses confunde-me o sistema. Um mês e três dias depois do final do período de pagamento, os senhores decidem deixar-me as escuras.

Fui a caixa do correio e encontro uma folha A4 cortada ao meio a informar-me sobre a interrupção dos serviços. E eu, na minha inocência pensava que as pessoas recebiam avisos. Dentro de envelopes com selos.

Liguei para eles para saber onde podia pagar o valor em atraso. E já que estava de telefone ao ouvido aproveitei para perguntar se não enviavam avisos antes de arruinarem todo o conteúdo do congelador de uma pessoa. Garantiram-me que sim, que o aviso tinha sido enviado.

Para onde, e a pergunta que se impõe. Pois, a senhora que me atendeu descobriu que o aviso de corte tinha seguido para uma morada que já estava desactivada há 5 anos. Bonito.

Pergunto, uma vez que foram eles que fizeram merdum, se tenho que pagar a taxa de reactivação. A rapariga pergunta ao supervisor e garante-me que não, que só necessito de regularizar o valor do consumo em atraso. Enfio-me no carro a caminho de Alverca, onde ficava o agente EDP mais próximo. Perco-me em Alverca. Na rua, as pessoas dão-me indicações que me levam a becos sem saída. Finalmente encontro o agente, dez minutos antes da hora de fecho. A gaja que me atende no agente, uma papelaria, tinha menos uns quinze ou vinte centímetros do que eu, mas mesmo assim conseguiu olhar-me de cima. "Nao pagam a electricidade e o caraças. Pobres!" 

Saio da papelaria com os ouvidos a tinir. A rapariga ficou com a noção de que eu me estava a tentar esquivar a pagar a taxa de reactivação. "A responsabilidade e sua!", atira-me, como o mesmo nariz empinado. E nestas alturas que eu gostava de andar com um saco cheio de robalos frescos na mala.

Volto a ligar para a EDP. A rapariga que estava a resolver o problema tinha ido jantar. Asseguram-me que lhe passam o recado, que não me preocupe. Passa uma hora, duas. Toca o telefone. Grandes vidas, duas horas de jantar. Do outro lado a rapariga da EDP (a Ana) pergunta-me se eu não lhe voltei a ligar. Digo-lhe que sim, que me disseram que lhe passavam o recado. Resposta: "Ninguém me disse nada"... Fumo preto sai-me dos ouvidos...

Conto-lhe sobre a cena na papelaria. Ela responde-me que a mulher e uma ignorante ou entao nao percebeu a historia. Sorrio por dentro.

Vem uma equipa das avarias, de propósito, repor-me a electricidade. Os senhores dizem-me que o facto de estarem ali e uma admissão de culpa da EDP. Que tive muita sorte em apanhar alguém competente no call-center.

A carne nao chegou a descongelar. Fim de drama.   

 

Parte dois:

Hoje recebo a factura relativa a este mês. Não e que aquela gente me esta a cobrar a taxa de reactivação na factura? A tal que eu não tenho que pagar porque eles e que são incompetentes?!

Ligo para a mesma linha de atendimento. Explico toda a situação. Resposta do outro lado: terá de pagar a factura e enviar um fax com uma reclamação. Respiro bem fundo e continuo a trabalhar. Quando chego a casa decido ligar outra vez e chamar pela "minha" Ana. Raios partam, não esta a  trabalhar! Explico mais uma vez toda a situação. Fiz um esforço hercúleo para manter um tom de voz neutro, para não me passar.

O gajo diz-me que nao tem indicaçao que a Ana me disse para nao pagar a taxa.

Tentativa de não passanço: failed.

Começo a falar-lhe de admissão de culpa e de raciocínios lógicos e de imputabilidade e de padrões de serviço e coisas. Quando me irrito ao extremo não grito, fico com um discurso críptico. 

Mas lá resultou. O rapaz, que me apelidou de senhora dona umas cinquenta vezes, o que lhe conferira uma morte lenta e dolorosa, diz-me que me vai bloquear a factura para que a reclamação seja avaliada, porque e algo que não se pode resolver no próprio dia.

Breakthrough! Weeee! Victory at last!

E quanto tempo e que o processo demorara a ser concluído? "Ah, pode demorar ate uns vinte dias úteis."

COMO?! Ahhhhhhhhhh!

E assim, continua a odisseia. Esta vossa amiga esta a pensar voltar a iluminação a óleo e arranjar um gerador a lenha para ver tv.

Há coisas do diabo, mas as coisas da EDP são ainda mais estranhas e difíceis de resolver.

 

(Desculpem lá os acentos mas tinha mesmo que partilhar.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:15



Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Ninguém percebe o Leonardo. A Mona Lisa nao estava a sorrir, estava com gases. É o primeiro registo de arte escatológica.

E-mail
Facebook
No Twitter

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D


Links

Outros Gases



Favoritos