Quinta-feira, 27 de Agosto de 2009

E as dos figos? Isso é que era trabalho!

Está tudo muito indignado porque a Carolina Patrocínio só come uvas se a empregada lhe retirar as graínhas. Foi formado um movimento para livrar a empregada da rapariga da opressão... Fight the power!

Hum, já alguém perguntou à senhora se ela quer ser libertada? Ou se ganha um ordenado acima da média dos portugueses, em que um dos bónus se denominada "Percentagem de graínhas do mês"? Não é por nada, mas eu acho que preferia retirar graínhas de uvas do que acartar baldes de massa. Mas isso sou eu, devo ter algum problema.

Pessoalmente, eu não como fruta porque me aborrece descascá-la. E normalmente não tenho tempo. Ultimamente como de pé, a olhar para o relógio e a fazer contas de cabeça para perceber quantas vezes posso mastigar cada garfada.

Quando como fruta é alguém que me a descasca. À excepção das maçãs. Gosto de maçãs com casca.

Bem, a diferença entre mim e a Carolina Patrocínio, para além do bronze e muito possivelmente da espécie, é que eu não preciso de pagar a ninguém para me tratar da fruta. Quer dizer, pago ao Pingo Doce. A fruta vem em pacotinhos já fatiada e lavadinha, pronta a comer e custa o mesmo que um quilo "não tratado". Mas eu gosto de ser roubada. 

Ou então cravo ao meu gajo, o que é bem menos dispendioso. Normalmente espero que ele comece a descascar as laranjas no fim da refeição ou qualquer outra fruta que necessite de faca, escolho a minha, ponho-a à frente dele e com o meu sorriso nº 2: "Nini, já que estás com a faca na mão..."

Funciona quase sempre!

  

E não tenho que lhe pagar. Hã! Quem é esperta, quem é?

É o problema destes meninos ricos: ter dinheiro elimina a necessidade de imaginação.

Agora se me dão licença vou tentar convencê-lo a não vir ao blogue durante uns tempos, que tem um vírus ou coisa do género.

É que se ele ler este texto em particular não me parece que a minha estratégia continue a funcionar.

 


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:11
link do post | comentar | Flatulências (3) | favorito
Sexta-feira, 14 de Agosto de 2009

BBC Vida Selvagem

Todos vocês já conheceram, com certeza, um caçador de multas.

É aquele polícia que vos manda parar numa operação de rotina e vos multa por terem um farol descaído um milímetro ou por o vosso colete não estar dobrado ou por terem demasiados mosquitos colados no vidro.

Todos sabemos que as regras existem e são para cumprir mas há determinados factores que não podemos controlar.

A última que aconteceu ao meu namorado (o rapaz tem um azar, está sempre a ser multado) foi caricata. Ele dirigia-se a casa vindo de Lisboa e apanha operação stop na Segunda Circular. Eram sete da tarde. Ainda dia mas já a escurecer, já alguns carros levavam os faróis ligados. Claro que ele foi multado por ter o médio do lado esquerdo fundido. Nós costumamos andar sempre com os faróis ligados, mesmo durante o dia, principalmente por causa das ultrapassagens dos "doidos".

Pormenor: na noite anterior tínhamos saído e estava tudo ok. O farol fundiu-se algures durante o dia e é óbvio que é impossível reparar numa coisa dessas, pois viajamos... dentro do carro.

O caçador de multas não aceita justificações, não é para isso que ele lá está. O habitat natural deste espécime é qualquer curva com pouca visibilidade onde possa camuflar-se para poder surpreender as suas presas sem que estas tenham oportunidade de fuga. O caçador de multas é impiedoso. Seria mais humano se nos apontasse a arma de serviço à cabeça e nos ficasse com a carteira. 

É um caçador metódico, que segue um sistema de resultados comprovados e se regozija com os despojos da matança. Quanto mais papelada tiver para preencher ao final do dia, mais estatuto alcança o caçador de multas na hierarquia do grupo. À noite, na toca, o caçador de multas queixa-se de que a comida está demasiado salgada e estuda métodos para tornar a sua actividade ainda mais eficaz.

Até agora, esta era uma profissão extremamente discriminada. Não era oficialmente reconhecida nem suficientemente recompensada. Mas agora, finalmente, vai acabar a injustiça no mundo dos caçadores de multas. Poderão caminhar, entre os seus pares não caçadores, de cabeça erguida e mijar nas mesmas árvores. O caçador de multas já vai poder marcar o território como qualquer polícia não caçador.

Tudo graças ao Comandante da GNR de Portalegre, que decidiu dar uma semana de férias extra a quatro caçadores de multas ao seu serviço, que demonstraram particular "zelo e mérito" na caça diária.

É o amanhecer de uma nova era para os caçadores de multas que poderão finalmente ocupar o seu lugar de direito na savana rodoviária. 


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:16
link do post | comentar | Flatulências (9) | favorito
Segunda-feira, 3 de Agosto de 2009

E não é para apanhar peixe

Já chegaram os "arrastões" ao Dolce Vita Tejo.

Vários testemunhos dão conta de assaltos, efectuados por grupos de 20 a 50 jovens oriundos dos bairros problemáticos que rodeiam o maior centro comercial do país, que aliviam dos seus valores clientes e lojas.

Parece que a esquadra do Dolce Vita tem estado a trabalhar apenas com 2 polícias e as condições de trabalho estão longe das melhores.

O Dolce Vita Tejo não veio destronar o Colombo apenas em questões de grandeza. Quem não se lembra dos problemas de insegurança do Colombo, hoje ultrapassados devido à construção de uma super esquadra nas instalações?

Leiam tudo aqui e digam de vossa justiça.

Até que ponto esta é uma situação que vos preocupa?

Como é que vêem a criminalidade organizada destes grupos dos bairros menos favorecidos dos arredores das grandes cidades?


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:11
link do post | comentar | Flatulências (3) | favorito
Quinta-feira, 30 de Julho de 2009

Naaaaaaa!


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:04
link do post | comentar | Flatulências (5) | favorito
Sexta-feira, 17 de Julho de 2009

Somos grandes!

 

O Ministério da Saúde assumiu finalmente, por escrito, que os homossexuais estão excluídos da dádiva de sangue.

Alega que se trata de eliminar dadores com comportamentos de risco e não dada a sua orientação sexual.

O documento do gabinete da ministra de Ana Jorge foi enviado à Presidência do Conselho de Ministros no passado dia 10, em resposta a uma pergunta do deputado do Bloco de Esquerda João Semedo. Na origem da questão estavam "práticas discriminatórias por parte dos serviços de sangue do Hospital de Santo António". E mereceu já o vivo repúdio do SOS Racismo.

A resposta do MS é clara: "A necessidade de garantir que os potenciais dadores não têm comportamentos de risco que, em termos objectivos e cientificamente comprovados, podem constituir uma ameaça à saúde e à vida dos potenciais beneficiários, leva à exclusão dos potenciais dadores masculinos que declarem ter tido relações homossexuais". Mas, garante, não se trata de discriminar "em função da orientação sexual", como fica comprovado "pela circunstância de os homossexuais de sexo feminino poderem ser aceites" como dadores. Em causa está, insiste o gabinete, "um controlo sobre os comportamentos de risco dos dadores".

 

in JN

 

Ok, então o Ministério da Saúde não exclui os homossexuais devido à sua orientação sexual. Exclui-os porque considera que estão todos pejados de doenças e que são todos sluts1

É mais uma pérola deste nosso Portugal multicultural. Se um organismo como o Ministério da Saúde revela uma tal ignorância, imagine-se o comum do cidadão.

Sinceramente, não entendo. Todas as dádivas de sangue são testadas. Pouco tempo depois da dádiva, chega uma cartinha a casa do dador a informar sobre a ausência de doenças no sangue recolhido. Para excluírem um grupo tão grande como os homossexuais masculinos, estão mesmo a considerar que aproveitariam poucas dádivas provenientes deste grupo específico. Tss tss tss...

Coisas destas deixam-me um bocadinho deprimida...

 

 

 

 

 

1 (Recent times have seen alternate slang usages of the word slut. It is often used against gay males and bisexuals, comparing them without merit as people who are promiscuous in that they have, or are reputed to have, many sexual partners, or whose sexuality is voracious, indiscriminate, and shameful.) in Wiki

tags:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:11
link do post | comentar | Flatulências (16) | favorito
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Olha ali um elefante a voar! Ah! Made you look!

É estranho.

Parece que o Ronaldo andou a treinar a marcação de livres num carro, no Parque das Nações.

Claro que uma notícia tão importante como esta vai parar às capas do jornais.

Mas o Correio da Manhã noticia que o rapaz partiu o vidro de um carro em que uma fã, menor de idade, o filmava, e que foi apresentada queixa na esquadra dos Olivais.

O 24 Horas diz que quem estava a filmar era a amiga de um paparazzo e que foi apresentada queixa na esquadra das Olaias...

 

E eu, ingénua, que pensava que o objectivo do jornalismo era noticiar factos...

E que tinham que ser coisas que realmente tivessem interesse...

Silly, silly me!

tags:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 08:30
link do post | comentar | Flatulências (4) | favorito
Sexta-feira, 19 de Junho de 2009

É por isso que temos tanta cegonha?!

No ano passado mais de sete mil adolescentes portuguesas ficaram grávidas.

Mais de 5000 levaram a gravidez até ao fim.

Eu não sei se o problema se resolve com educação sexual nas escolas, mas mal é capaz de não fazer.

Ah, e já agora, podiam distribuir gratuitamente, e numa base trimensal, caixas de pílulas e preservativos no recinto escolar.

Porque os miúdos até podem saber o que têm que fazer para evitar a gravidez e as doenças sexualmente transmissíveis, mas muitos têm vergonha de se dirigir a um centro de saúde para obter gratuitamente os meios que o permitem.

Porque já sabem que vão ouvir a boquinha do pessoal médico, vão ser repreendidos e ainda têm medo (porque desconhecem que médicos e enfermeiros são obrigados a manter sigilo) que os seus pais venham a saber.

Não estou a validar o sexo na adolescência, atenção. Mas como em muitos casos, a única forma de o impedir era acorrentar os miúdos à perna da mesa, mais vale levarmos a questão a sério e encararmos o problema de uma forma adulta.

Se nós não os fizermos, não o farão eles, que são adolescentes...

 

tags:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:12
link do post | comentar | Flatulências (4) | favorito
Terça-feira, 2 de Junho de 2009

...e anões

Parece que Berlusconi anda a utilizar aviões militares para transportar bailarinas e anões para festas privadas.

 

Bailarinas e anões.

 

Vamos tirar alguns momentos para saborear essa imagem.

...

...

Hum? E a política europeia nunca mais foi a mesma!

 


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 19:05
link do post | comentar | Flatulências (8) | favorito
Terça-feira, 26 de Maio de 2009

Outra vez o mesmo filme

A Euribor já anda, feita doida, a subir outra vez.

Há cinco sessões consecutivas que a teimosa da taxa sobe.

Ontem li que se prevê que o preço do barril do petróleo volte a atingir os valores recorde do ano passado, lá para meados de 2012, devido à recuperação da economia mundial e consequente aumento da procura, combinados com a redução da produção. 

Isto não está bom para a classe média, é o que vos digo.

E o pior é que as únicas soluções, como tudo isto se passa à escala planetária, é desistir dos bens, comprar uma quinta e sobreviver do que a terra dá, ou mudar de... planeta...

 


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:11
link do post | comentar | Flatulências (8) | favorito
Segunda-feira, 25 de Maio de 2009

Ai caramba! (à la Bart Simpson)

Quando eu andava no 5º ano, os professores de Educação Visual e Tecnológica começaram a não achar muita piada ao facto de se ouvir mais mascar de pastilha do que martelar.

Então instituíram uma multa de cinco escudos por cada aluno que fosse encontrado a mascar pastilha durante a aula. E quem era a controladora oficial, a grande inquisidora das pastilhas de EVT? Moi même...

No fim do ano, pegámos em todo o dinheiro angariado e compramos tortas Dan Cake e sumos, para comemorar esse mesmo fim de ano (era uma coisa habitual). Portanto vêem que ainda eram uns trocos valentes. Cinco escudos a cinco escudos.

Claro que quando é instituído um cargo como controladora de pastilha elástica, haverá sempre alguma revolta contra a pessoa em questão, nem que seja só numa de fight the power!

Então acontecia frequentemente haver pessoal que passava a aula inteira com a pastilha na boca, sem mascar, sem fazer movimentos suspeitos, só pelo prazer de, no fim, se dirigirem a mim e, com a boca escancarada e cheia de saliva acumulada, dizerem: "Ah! estive a aula toda com pastilha e tu não viste! Ah!"

Agora digam-me lá, é impressão minha ou isto é um bocado o que a Coreia do Norte anda a fazer?

Só que se estes chegarem ao fim da aula sem que ninguém dê pela pastilha deles, pode não haver muita gente de pé a quem se gabarem...

É que a deles não sabe a morango ou  banana, sabe a nuclear.

 


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:18
link do post | comentar | Flatulências (12) | favorito
Quarta-feira, 20 de Maio de 2009

Senhora doutora

 

 

Concordo que esta mulher seja processada, suspensa, despedida, mandada para o raio que a parta!

Mas não pelas razões que os pais dos miúdos apresentam.

Ela mulher devia ser severamente penalizada, não por falar de sexo, mas por ser uma real idiota!

A arrogância da conversa sobre o 12º ano da mãe da aluna X e do curso superior e complementos da professora é de um desplante tal, que devia ser adaptado à TV e figurar na série Gossip Girl. Qual Chuck, qual quê!

E é assim, enquanto as mentalidade mesquinhas e pequeninas deste país continuarem a ditar que ter um curso superior acrescenta algum tipo de superioridade moral às pessoas, estamos mal. Uma larga fatia da população continua a achar que os licenciados adquirem algum tipo de super poder e devem ser reverenciados.

Pá, que eu tenha reparado, continuo a não conseguir ver através das paredes, não consigo voar e não está provado que eu consiga mesmo ler os pensamentos do pessoal. Portanto...

Metam os olhos nesta senhora, pequenas mentes deste país, e convençam-se, de uma vez por todas, que um curso superior não é uma mais valia em termos de carácter. Às vezes, e como vemos neste exemplo, bem pelo contrário...


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:13
link do post | comentar | Flatulências (20) | favorito
Sexta-feira, 8 de Maio de 2009

Isto não é música para os meus ouvidos!

Mas o que é que anda a possuir os miúdos agora para pensarem que podem ouvir música nos transportes públicos sem headphones?
O que é que se passa com esta gente? Não lhes foi ensinado que a liberdade deles acaba quando a dos outros começa? Não lhes foram ensinados os princípios de educação, respeito, consideração pelo próximo?
E depois ouvem com cada coisa!
Ontem já me estava a preparar para adormecer quando se senta uma criatura à minha frente a ouvir uma coisa indizível, com o Nokia em altos berros. Claro que comecei a ter momentos Ally McBeal em catadupa, em que lhe atirava o telefone pela janela, em que lhe espetava com a testa no banco da frente, em que me transformava em Duncan MacLeod com os efeitos que daí advêm...
Porque é que ainda faltam dois meses para poder comprar o meu carro?
Nunca tão pouco tempo demorou tanto a passar!
Lá está, o tempo é relativo, depende do observador...
Damn you, Einstein!
 

tags:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:26
link do post | comentar | Flatulências (10) | favorito
Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

Oh e na fada dos dentes! Não esqueçamos a fada dos dentes!

 

Claro! E no Pai Natal, no Coelhinho da Páscoa e na qualidade da grelha de programação da SIC.


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 11:42
link do post | comentar | Flatulências (8) | favorito
Quarta-feira, 1 de Abril de 2009

A Oeste nada de novo

Vinha para aqui toda lançada para escrever sobre a barba do Carlos Queiroz mas a meio do texto, pareceu-me completamente descabido. What do I care? Delete...

Escrevi mais umas quantas linhas sobre a troca de galhardetes entre a Maya e a Mónica Sofia (mas porque te chamas assim?) mas depois apercebi-me de que era completamente fútil. Hoje, excepcionalmente, nem a Maya me apetece insultar. Ainda que ela tenha dito que faria uma capa mais interessante que a da rapariguinha. Ai que me estão a vir ideias tão podres à cabeça! Mas não, não, não! Fútil. Delete...

Podia falar dos 4000 medicamentos que vão ficar mais baratos e dos protestos da indústria farmacêutica. Mas não, não me motiva, não me apetece, dá-me sono!

Parece-me que hoje não há post. O país conseguiu dar-me cabo da vontade...

tags:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 11:03
link do post | comentar | Flatulências (12) | favorito
Quinta-feira, 19 de Março de 2009

E andamos nós a sonhar com o Euromilhões...

Da Lusa, chega-nos a notícia de que uma condessa sueca, em processo de divórcio, afirmou que os 43 milhões de dólares de pensão que lhe serão atribuídos, por imposição de um acordo pré-nupcial, não são suficientes para lhe cobrir as despesas.

Esses 43 milhões seriam repartidos por semanadas de 53 mil dólares!

Então, não se vê mesmo que é pouquito? Como é que ela vai fazer para tomar banhos de Beluga?

 

Há gente que devia passar pelo menos uma semaninha da sua vida a lavar vãos de escadas. Sem luvas, de preferência.

tags:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:54
link do post | comentar | Flatulências (8) | favorito

Ninguém percebe o Leonardo. A Mona Lisa nao estava a sorrir, estava com gases. É o primeiro registo de arte escatológica.

E-mail
Facebook
No Twitter

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
30
31


.posts recentes

. E as dos figos? Isso é qu...

. BBC Vida Selvagem

. E não é para apanhar peix...

. Naaaaaaa!

. Somos grandes!

.últ. comentários

Oh pá, e eu já nem me lembrava disto. E foi tão b...
 e eu cliquei a pensar que ía saber onde fica...
Olá!Por acaso eu conhecia a doença, mas tinha idei...
Bom post :)A melhor forma de explicar as "notícias...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Quantos já cá vieram soltar gases

.Quem anda aí...

online
Add to Technorati Favorites
blogs SAPO

.subscrever feeds