Quinta-feira, 19 de Junho de 2008

...

Tenho um novo inimigo de estimação: BALLACK, o monstrinho que empurrou Paulo Ferreira na nossa área e marcou o terceiro golo dos alemães.

Custa muito perder desta maneira...

Estou triste!

sinto-me:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 22:00
link do post | comentar | Flatulências (37) | favorito
Quarta-feira, 11 de Junho de 2008

Não é por nada...

... mas deve haver por aí muita gente com comichão nesta altura.

Tendo em conta o golo do Pepe contra a Turquia e a exibição de altíssimo nível do Deco neste jogo, acompanhada de outro golo, deve haver muita gente incomodada e a engolir em seco. Aqueles, os outros, vocês sabem de quem falo...

sinto-me:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 19:10
link do post | comentar | Flatulências (16) | favorito
Sábado, 7 de Junho de 2008

O primeiro...

...já está!

 

Grande jogo!

 

Venham os outros que a jogar assim damos cabo deles todos! :D

sinto-me:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 23:30
link do post | comentar | Flatulências (13) | favorito
Quarta-feira, 30 de Abril de 2008

E agora?

Depois da subida de três cêntimos por litro, o preço do gasóleo ultrapassou hoje a barreira do euro e trinta. Desde a liberalização do preço dos combustíveis, temos assistido a aumentos graduais que muitos dizem não se coadunar com o a subida da matéria-prima.

Depois do Reino Unido e dos Estados Unidos terem começado a racionar o arroz, já se fala de um racionamento a nível mundial. Os chamados bens essenciais atingem valores impraticáveis para muitas famílias, com ênfase no leite e pão.

Se a primeira situação , ainda que motivada por factores externos, é um problema nosso (em Espanha, o preço por litro de gasóleo está a 1.19 euros), a segunda já não é algo que possamos controlar tão bem a nível interno. A pseudo-crise dos Estados Unidos está a aproximar-nos lenta e inexoravelmente de uma crise mundial.

José Sócrates reage a este facto dizendo que a oposição não quer que Portugal cresça e abandone a crise, que pinta o quadro bem mais negro do que ele é.

A meu ver, avizinham-se tempos difíceis, com o alargamento do fosso entre pobres e ricos. E com o apagamento daquilo que conhecemos como a classe média.

Os indicadores estão por todo o lado. Nenhum deles é risonho.

Estoua a chegar ao fim do mês e não sei se hei-de encostar o carro às boxes durante os próximos trinta dias. Voltar aos transportes públicos, pelo menos enquanto não arranjo trabalho.

Tenho que admitir: estou com receio. Não prevejo nada de bom. Preocupa-me principalmente que, com a conjectura actual, já nem valha a pena sair do país. Convenhamos, o nível de vida do português médio em Portugal afunda-se a olhos vivos. O sobreendividamento é uma questão quase banal. Mas se as coisas evoluírem no sentido da tal crise global, se os americanos forem ao ar e levarem quase toda a gente com eles, não vejo para onde possamos fugir...

sinto-me: Preocupada

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 21:34
link do post | comentar | Flatulências (22) | favorito
Sábado, 1 de Março de 2008

O verdadeiro significado das propinas

Hoje os meus pais regressaram do Brasil, depois de duas semanas de férias.

Estiveram a contar histórias de tiros e de favelas mas também de belezas indescritíveis. É assim, aquele país, um poço de contrastes...

Descobri que tenho duas primas lá. Quer dizer, descobri não, eu já sabia mais ou menos mas desta vez falei com uma delas pelo Messenger.

Estávamos a falar sobre a faculdade e veio à baila a questão das mui temidas propinas. E eu lembrei-me de perguntar se também pagavam propinas na escola pública, lá.

Ela não estava a entender e disse-me que devia ter um significado diferente do de lá.

E então, sabem o que são propinas no Brasil? Dinheiro ilegal, subornos!

O que não deixa de ser tremendamente irónico, se tivermos em conta o desconforto que as ditas provocam no pobre do estudante português.

Agora, já imaginaram eu a perguntar muito indignada: "Então mas aí não pagam propinas na faculdade?"

O português é uma língua lixada, então quando atravessamos o Atlântico!

 

sinto-me: LOL

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 01:52
link do post | comentar | Flatulências (19) | favorito

Ninguém percebe o Leonardo. A Mona Lisa nao estava a sorrir, estava com gases. É o primeiro registo de arte escatológica.

E-mail
Facebook
No Twitter

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. ...

. Não é por nada...

. O primeiro...

. E agora?

. O verdadeiro significado ...

.últ. comentários

Mesmo... É incómodo lembrar.
Ainda custa a digerir o desaparecimento de um ídol...
as aveiros devem estar a ferver...
Oh pá, e eu já nem me lembrava disto. E foi tão b...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Quantos já cá vieram soltar gases

.Quem anda aí...

online
Add to Technorati Favorites
blogs SAPO

.subscrever feeds