Terça-feira, 25 de Agosto de 2009

Em Belém nada de novo

O nosso excelentíssimo senhor PR acha que as verdadeiras famílias são compostas por pessoas casadas. Diz ele que é inoportuno aprovar uma lei que traga tantas alterações (leia-se melhorias) às uniões de facto em fim de legislatura.

Como seria de esperar, a esquerda apupou e a direita aplaudiu. Tão típico que só consegue provocar bocejos...

E pronto, ficamos assim.

O senhor PR acha que as uniões de facto têm de continuar a seguir as regras do farwest e eu acho que ele devia aprender a falar português como as pessoas.

Mas como ele é que é o PR se calhar não vai começar a ter aulas de dicção em breve...

A política é exasperante, não é?


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:14
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 13 de Julho de 2009

À esquerda o que é da esquerda!

O PS não vai levar a votos a lei do "testamento vital" que permitiria que um doente recusasse tratamento médico, desde que devidamente informado pelos médicos.

 

O recuo do PS deve-se ao receio de que o projecto de lei fosse vetado pelo nosso PR, após ser aprovado pela bancada socialista.

 

Até aqui tudo bem, quem é que ainda não está habituado às marradas entre Governo e Presidente da República?

 

O que é de notar nesta situação, é que quando foi feita a votação na generalidade, o Bloco de Esquerda absteve-se. Eu não sabia disto! Então os senhores do Bloco, sempre tão liberais, tão "'bora lá legalizar o aborto e defender os direitos do pessoal", abstêm-se numa matéria destas? Quem é que não os imagina a apresentar este projecto de lei a votação? Alguém?!

Será que os senhores do Bloco só seguem os seus ideais quando a ideia não vem do PS? Quando surge do seio do Bloco? Ai ai ai...

Por estas e por outras é que ninguém acredita nos políticos...


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:12
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 7 de Julho de 2009

A Fénix da Lapa

Pedro Santana Lopes é a Fénix da política portuguesa.

Seja porque o queimam (Sampaio), ou porque se queima sozinho (bem, todas as outras vezes), Santana acaba sempre por se levantar das cinzas com o ar mais airoso deste mundo.

Prova disso é a mais recente sondagem relativa à Câmara de Lisboa, que coloca Santana empatado em primeiro lugar com António Costa.

As tias da Lapa não chegam para explicar este fenómeno.

Eu gostava mesmo que alguém me explicasse.

Não, não pergunto em relação às capacidades políticas, que até lhe reconheço (vá, não me batam)...

Mas o que é que leva tanta mulher a ficar tão desgovernada com o homem?

É o ar de cachorrinho abandonado?

Ou será por aquela característica que atribuem à Fénix de ser capaz de levantar pesos muito superiores ao seu próprio peso corporal?

Mas olhem que isso já é um bocado obsoleto. O Continente já faz entregas ao domicílio...


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 08:45
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Julho de 2009

Got milk?

O que é que vocês acham que isto quer dizer?

 

 

A- Eu precisava de duas antenas para perceber o que está a dizer.

 

B- Tenha cuidado, que me parece que o estuque do tecto por cima de si não está seguro.

 

C- Estou a ser acometido por uma dor nas têmporas que me faz esticar os indicadores.

 

D- Você pertence, claramente, à classe bovina.

 

Opá, eu não sei, não é um gesto nada claro!

Mas eu apostava na dor nas têmporas.

O homem só pode estar gravemente doente. Até se despediu e tudo!


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 07:00
link do post | comentar | Flatulências (13) | favorito
Segunda-feira, 8 de Junho de 2009

A vitória do partido nada

Ninguém gosta de mudanças.

Sejam para melhor ou para melhor, desde que impliquem algum esforço pessoal, ninguém gosta de reformas. O governo que impõe reformas será sempre um governo non grato.

Na última manifestação de professores, alguns participantes apelavam ao voto noutros partidos, como forma de castigar o PS, nas eleições que se avizinhavam.

As pessoas não gostam de reformas e o PS saiu derrotado das eleições europeias.

Haveria alguém que não esperasse este resultado? Só quem tenha estado fechado numa bolha nos últimos largos meses, não é?

No entanto, alguns dos nossos pseudo-comentadores políticos manifestavam surpresa, outros diziam que o mérito era do PSD e Manuela Ferreira Leite herself, comentou esta vitória nestas eleições como sendo o corolário do esforço individual do seu partido.

A derrota de uns será sempre a vitória de outros. Só é pena que as vitórias condicionais não sejam assumidas como tal.

 

Adenda: Mais de 60% de abstenção é uma cifra vergonhosa. Como é que as pessoas se podem queixar daqueles que estão no poder, de forma sistemática, quando se demitem do seu dever cívico desta maneira? E desta vez, nem sequer havia a desculpa do sol e da praia...

 


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:19
link do post | comentar | Flatulências (13) | favorito
Sexta-feira, 15 de Maio de 2009

Escala de cinzentos

Barack Obama recuou na decisão de divulgar fotografias de tortura por parte de soldados americanos no Iraque e Afeganistão.

Claro que se levantaram inúmeras vozes a criticar a decisão que, dizem, é um passo atrás na defesa dos direitos humanos. Vozes como a União Americana de Liberdades Civis ou a Amnistia Internacional.

O tipo de declarações que estas organizações fizeram quando souberam da decisão parecem-me ainda mais graves, por serem ESTAS organizações. Por terem a suprema obrigação de ver toda a paleta de cinzentos que é o mundo, mas continuarem a discutir a questão como se se dividisse em preto e em branco.

Lembram-se do Caçador de Crocodilos Steve Irving, que morreu há uns meses na sequência do ataque de uma raia, que lhe perfurou o coração?

O que é que sabíamos e sabemos sobre as raias? São animais normalmente tímidos, que preferem fugir a atacar, principalmente um espécime tão grande como um ser humano.

O que é que aconteceu nos dias seguintes à morte de Irving? Centenas de raias foram chacinadas por turistas descontentes com o que AQUELA raia havia feito ao caçador de crocodilos. Por uma raia, pagaram imensas raias.

Haverá alguém que acredite que o exército americano inteiro anda a torturar cidadãos dos países ocupados? Serão todos eles uns cabrões de uns sádicos, que fazem da tortura passatempo?

Se calhar não, se calhar há só umas quantas raias violentas.

A divulgação das imagens em causa iria provocar uma onda de choque de revolta, que se estenderia por todo o mundo e seria sentida com muito mais intensidade nos cenários de guerra ocupados por americanos. Já estão a imaginar as consequências, não estão? Parece que Obama mudou de ideias após uma reunião com os seus generais, que lhe devem ter dito que dispensavam ainda mais ataques bombistas, mais hostilidade, mais problemas.

Foi a primeira decisão que permite ver a inteligência política de Obama. Era muito bom agradar aos liberais americanos, às organizações dos direitos humanos, a todos aqueles que, de uma maneira ou de outra, querem romper radicalmente com Bush. Se todos pudéssemos agradar a toda a gente...

Obama vê os cinzentos! 

 


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 08:00
link do post | comentar | Flatulências (8) | favorito
Quarta-feira, 13 de Maio de 2009

A Bela Vista e a política

Se estivessem no governo, os seguintes partidos fariam o seguinte:

 

CDS- Punha o exército no bairro, que por sua vez partia as rótulas a toda a gente que passasse na rua, por indicação governamental. Depois enfiava todos os feridos num contentor, num cargueiro que só parava na Malásia. Paulo Portas arranjava um sidekick e partia para o local, para distribuir tabefes e justiça.

 

BE- Decretava que todas as pessoas que fossem apanhadas em desacatos fossem condecoradas e lhes fosse atribuído um T5 no Parque das Nações. Criava um novo emprego público: os aplicadores de festinhas, porque afinal estes rapazes são assim porque não têm amor e carinho. Francisco Louçã acumulava o cargo de chefe de grupo dos festinheiros.

 

Os Verdes- Tentavam convencer o pessoal a utilizar outro combustível para os cocktail molotov (CM). Criavam o primeiro molotov a energia eólica. Francisco Lopes decidia barbear-se. Ah, e acorrentava-se à maior árvore da Bela Vista para a proteger de eventuais ataques.

 

PSD- Antes que conseguissem fazer alguma coisa, já o Secretário Geral do partido teria sido derrubado por uma qualquer guerra interna. Manuela Ferreira Leite e Luís Filipe Menezes combinavam seguir para a Bela Vista o quanto antes, para ver quem levava primeiro com um CM, e acabar com a inimizade de uma vez por todas. Luís Filipe Menezes apunhalava Manuela Ferreira Leite nas costas, muito antes de começarem a voar instrumentos incendiários.

 

PCP- Montava uma banca na rua principal da Bela Vista para vender o Jornal Avante a 1,20 euros cada um.

Tratava de arranjar empregos em quadros superiores de empresas públicas para todos os envolvidos em desacatos. Eventualmente, Jerónimo de Sousa cedia o seu próprio emprego ao chefe da guerrilha da Bela Vista, entretanto formada, e o nosso primeiro-ministro passava a chamar-se Mané.


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:12
link do post | comentar | Flatulências (9) | favorito
Terça-feira, 12 de Maio de 2009

Pobres dos pobres

 

Este é o António Lobo Xavier, do CDS-PP.

Ele é mesmo o que parece, um beto que já passou pelas administrações de tachos como a Fundação Serralves, a Fundação do Belmiro, a Associação de Gestores e Empresários Católicos (estava-se mesmo a ver...), a Mota-Engil e a SonaeCom. É, portanto, um senhor que nunca deve ter utilizado uma cunha na vida e já deve ter passado dificuldades como a esmagadora maioria dos portugueses.

Estão a vê-lo a contar tostões para comprar pão na padaria e a apanhar três tipos de transportes públicos para chegar ao trabalho, não estão? Pois, eu também estou!

António Lobo Xavier licenciou-se em Direito na Faculdade de Coimbra. Estão a vê-lo a penar para pagar as propinas e a ficar sem comida a meio do mês, não estão? Pois, eu também.

Aliás, só isso explica que o senhor Lobo Xavier tenha dito que achava que os impostos deviam ser aumentados para todos os escalões de IRS, não só para a classe média-alta e alta. Mais acrescentou, que é a única maneira de combatermos o défice, usar a mesma bitola para toda a gente.

Está-se mesmo a ver que o senhor Lobo Xavier deseja o aumento dos impostos para as classes mais pobres porque já fez parte delas, porque já passou fome e porque nunca teve uma vida privilegiada.

Quer dizer, se não fosse assim teríamos de dizer que o homem só pode estar parvo.

Mas como é...


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:10
link do post | comentar | Flatulências (8) | favorito
Quarta-feira, 18 de Março de 2009

Extrema... parvoíce

Paulo Portas parece querer ter quase um polícia por cada habitante.

Francisco Louçã quer legalizar todos os imigrantes ilegais que estejam em solo português.

 

Será que Portugal não podia ter políticos normais?

Com ideias normais?

 

tags:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:40
link do post | comentar | Flatulências (8) | favorito
Terça-feira, 17 de Março de 2009

Parvoíces e outras que tais...

Uma jornalista ofendida por ter perdido o lugar.

Um ministro ofendido pelo relato (segundo ele) inexacto da situação, que comenta no blog da jornalista, em resposta.

Aqueles que se ofendem porque acham que o ministro devia ter mais que fazer do responder a posts em blogs.

Os outros que se ofendem porque o ministro foi defendido por uns quantos mais, também ofendidos.

O cambalacho que se montou à volta de uma situação ridícula.

Às vezes parece-me que a blogosfera está perdida...

Não passa de um sistema de alojamento de egos muito sensíveis! Irra!


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 13:13
link do post | comentar | Flatulências (11) | favorito
Sexta-feira, 13 de Março de 2009

Oh mar salgado, quanto do teu sal são lágrimas de Portugal?

O PS apresenta hoje no Parlamento, um projecto de lei que visa diminuir a quantidade de sal no pão.

Ou seja, o governo vai fazer com que o fantástico pão português fique menos saboroso para que uns quantos se possam enfardar à vontade. Um pão? Qual quê? Podemos comer seis ou sete porque tem menos sal!

Parece-me bem! Já agora porque é que não decretam a anulação do hamburger no Big Mac e a diminuição do creme da bola de Berlim?

Mas estou já a avisar, se ousam tocar no Queijo de Azeitão, I'll kick some ass!

Para breve, o decreto de lei que visa transformar as terças e quintas em dia de Jogging. Seguranças pessoais opcionais.

 

 

 

 

 

 

 

(Vou tentar responder a todos os vossos comentário no fim de semana, cool? Bom FDS!)


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:36
link do post | comentar | Flatulências (19) | favorito
Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2009

Oh, please!

A entrevista de José Gomes Ferreira e Ricardo Costa a José Sócrates, na SIC, está-se a parecer demasiado com um auto-de-fé.

 

E olhem que eu não gosto por aí além do nosso Primeiro-Ministro, mas gabo-lhe a paciência. 

 

 

 

 

tags:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 21:33
link do post | comentar | Flatulências (4) | favorito
Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2008

Pergunta ao vento que passa

Manuel Alegre diz que é muito pouco provável continuar como deputado da Assembleia.

Acrescenta ainda que para tal acontecer, seria necessário "um grande apelo cívico nesse sentido".

...

...

...

...

...

Pois.

Bem, nem sempre se pode ganhar, suponho eu.

Neste caso, quem ganha será mesmo o PS, que deixa de se preocupar com o seu mais eficaz incómodo interno...

 

Mesmo na noite mais triste
em tempo de sevidão
há sempre alguém que resiste
há sempre alguém que diz não
.

                 Manuel Alegre

 

E ele di-lo muitas vezes!

 


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 10:27
link do post | comentar | Flatulências (10) | favorito
Segunda-feira, 15 de Dezembro de 2008

A Blasfémia do Ano

Tenho uma coisa a dizer ao senhor Almeida Santos, que na passada Sexta-feira disse que não devia haver plenário antes do fim de semana, porque não podíamos obrigar os senhores deputados a comportarem-se como os restantes trabalhadores (!), porque os senhores deputados têm outros trabalhos e não ganham o suficiente (!) para trabalharem(!) apenas na Assembleia da República.

Ok, tendo em conta que os deputados ganham cerca de 3700 euros de ordenado base, acho mesmo que o senhor Almeida Santos está a gozar com a cara da maior parte dos trabalhadores portugueses.

Sei lá, é que eu (ainda) não ganho nem um terço disso.

Tenho que dizer ao meu patrão que não posso trabalhar às Segundas nem às Sextas porque o que eu ganho não chega para considerar o que eu faço um emprego!

Estive com esta merda entalada na garganta o fim de semana todo! Até já me está a amargar a boca!

 

 

Senhor Almeida Santos:

 

Faça o favor de ir levar no seu provecto... c*!

 

 

Pensa uma pessoa que já ouviu tudo...


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 13:02
link do post | comentar | Flatulências (21) | favorito
Quarta-feira, 5 de Novembro de 2008

And the Oscar goes to...

 

... the King of coolness, Obama!

 

Começamos bem. Os resultados foram inequívocos. 349 contra 163. Ainda alguém se lembra quem é McCain?

 

Apesar disso, e de o clima global ser de muito entusiasmo, parece-me prematuro começar já a lançar os foguetes. É que Obama colocou a fasquia muito alta e não será difícil não estar à altura. Há algumas questões que poderão ser cruciais para a manutenção do estado de graça que vive o novo presidente dos EUA.

Em primeiro lugar, a questão do Iraque. Obama quer retirar as tropas, já tem prazos delineados para o fazer, quer fazê-lo com ponderação mas o risco de lançar aquele país num caos ainda maior é enorme.

O Afeganistão. Obama vai mesmo gastar recursos e enviar homens para o território para caçar Bin Laden? E será que os americanos e o mundo verão com melhores olhos esta guerra do que a outra?

A política externa. Os votos de regozijo pela vitória de Obama são transversais a todo o mundo. Cuba gosta, o Oriente gosta, a Europa gosta. Mas não será possível agradar a toda a gente durante todo o tempo. Veremos como o novo homem mais poderoso do mundo lidará com as tensões da diplomacia externa.

 

Mas como já referi, começamos bem. Foi escolhido aquele que apresentava mais vontade de mudança, ideias mais frescas, mais modernas. Agora é uma questão de saber se, apesar de tudo, a América está pronta para essa mudança.

 

 

O palco é teu, Barack!


publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:51
link do post | comentar | Flatulências (13) | favorito

Ninguém percebe o Leonardo. A Mona Lisa nao estava a sorrir, estava com gases. É o primeiro registo de arte escatológica.

E-mail
Facebook
No Twitter

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 185 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Em Belém nada de novo

. À esquerda o que é da esq...

. A Fénix da Lapa

. Got milk?

. A vitória do partido nada

.últ. comentários

Mesmo... É incómodo lembrar.
Ainda custa a digerir o desaparecimento de um ídol...
as aveiros devem estar a ferver...
Oh pá, e eu já nem me lembrava disto. E foi tão b...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Quantos já cá vieram soltar gases

.Quem anda aí...

online
Add to Technorati Favorites
SAPO Blogs

.subscrever feeds