Quinta-feira, 7 de Maio de 2009

Somos os maiores, pá!

Na Amadora, o Dolce Vita Tejo abre, esta quinta-feira, as portas ao público às 10:00, mas junto à entrada principal a fila começou a formar-se durante a noite, muitas pessoas dormiram mesmo ao relento.
Fonte: TSF
 
Este senhor centro comercial, o maior da Península Ibérica, custou cerca de 300 milhões de euros e vai criar 5 000 empregos directos.
Será que é por isso que as pessoas dormiram ao relento? Para entrarem no único sítio do país que está a contratar? Não percebo! Eu já não percebia muito bem quando as adolescentes dormiam ao relento para assistir aos concertos dos Tokio Hotel. Mas enfim, são as hormonas e tal. Neste caso não consigo mesmo compreender.
Como também não consigo compreender como é que um empreendimento desta envergadura é aberto numa altura destas. Será que eles estão à espera de fazer... receita?
 

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:19
link do post | comentar | Flatulências (16) | favorito
Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007

A corrida às compras

Hoje tive uma tarde que não lembra a ninguém. É a véspera do último fim-de-semana antes do Natal e fui enfiar-me no Vasco da Gama... Mas a culpa não é sequer minha. Já fiz todas as minhas compras há mais de uma semana. A culpa é dos meus progenitores... Não gostam (dizem eles que não podem) de se enfiar nos centros comerciais nestas alturas, então dão-me o dinheiro para ir comprar as minhas prendas. Mas fazem-no, especialmente o papá , assim um bocadinho para o em cima da hora...

Da altura em que trabalhei lá, na Valentim de Carvalho, já lá vão uns anos, conservei a fantástica capacidade de me deslocar por entre a massa humana a uma velocidade constante e elevada. Às vezes lá há uma ou outra pessoa que fica uma bocado confusa por ver passar em frente do nariz um objecto não identificado a alta velocidade mas... Azar! Detesto centros comerciais cheios! Considero-os quase uma ofensa pessoal.

Hoje, para além de estar cheio, o pessoal estava doido! Vi de tudo. Aquelas velhinhas que só devem sair de casa nesta altura e que torcem o nariz a tudo o que se mexa num raio de 800 metros, discussões nas filas dos embrulhos e ainda um duelo sénior de chapéus de chuva. Pá, devia ser um desporto! Em vez da sueca, duelos de chapéu de chuva. Acabava logo com as artrites reumatóides.

Fui rudemente atendida na Perfumes & Companhia, onde também já trabalhei, há ainda mais anos. Foi só nessa duas, não temam e foi só para ganhar trocos para saídas e alcool. Ai que isto agora soou tão mal. Enfim adiante, já fui uma pitinha e não há nada a fazer...

Como dizia, rudemente atendida na perfumaria. Como já lá trabalhei, tenho algum conhecimento de como as coisas funcionam. Ou tinha, já não sei. Perguntei à rapariga que me estava a atender se sabia em que loja podia encontrar a gerente de loja dali de quando lá trabalhava. Ela não sabia e foi perguntar à actual, que se encontrava a três metros. A mulher atirou um "Sei lá!" tão arrogante e tão indisposto! Expliquei à rapariga que a pessoa por quem estava a perguntar era a gerente há uns anos atrás! E sabem o que a ninfeta me disse? "A gerente não era de certeza, podia era ser a chefe de loja!" Mas isto dito com um desprezo...

É oficial! Descambou numa decadência, aquela loja!

E lá segui para a Worten para comprar a segunda e terceira temporadas de Lost! Quer-me cá parecer que a partir de Janeiro, passo noites em branco, não como e mal respiro, a ver aquilo tudo seguidinho e a tentar apanhar todos e quaisquer pormenores que me possam ter escapado nas outras trezentas vezes em que já vi os episódios. Agruras de ter a FOX e alturas sem nada que fazer...

À vinda para casa, claro que não conseguia encontrar o carro, uma vez que havia carros estacionados em segunda fila em tudo o que era buraco. O português tem essa fantástica qualidade de ver numa aparente impossibilidade, uma oportunidade. Só isso explica aquele carro que estava estacionado em cima de um monte de brita... 

Chego a casa e o Shaka fez das suas! Mijou-me o edredón que tinha acabado de apanhar. Tanto tempo que aquela coisa demorou a secar e agora já está outra vez na máquina. O bicho anda um bocado atrofiado. De vez em quando entope e deve culpar a caixa de areia. Por isso, "embora lá fazer chichi em todo o lado menos na caixa".... (A respirar profundamente.)

Agora está aqui no meu colo, armado em rei no topo do monte. E nem sequer lhe posso ralhar porque senão fica nervoso e ainda entope mais! É vida, isto?

Agora se me dão licença, tenho de ir embrulhar as minhas prendas. Sim, porque já tive que aturar demasiados doidos hoje para ainda passar mais meia hora em cada fila para embrulhos...

  

sinto-me:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 21:32
link do post | comentar | Flatulências (10) | favorito

Ninguém percebe o Leonardo. A Mona Lisa nao estava a sorrir, estava com gases. É o primeiro registo de arte escatológica.

E-mail
Facebook
No Twitter

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Somos os maiores, pá!

. A corrida às compras

.últ. comentários

Mesmo... É incómodo lembrar.
Ainda custa a digerir o desaparecimento de um ídol...
as aveiros devem estar a ferver...
Oh pá, e eu já nem me lembrava disto. E foi tão b...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Quantos já cá vieram soltar gases

.Quem anda aí...

online
Add to Technorati Favorites
blogs SAPO

.subscrever feeds