Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009

Outra razão para eu não gostar do Carnaval

Porra, isto não se faz!

Levar com isto logo de manhã, quando se está descontraidamente a ver umas fotos inofensivas, não devia acontecer!

Ainda me dá para aqui qualquer coisa e depois a quem é que eu me queixo? À Paula Bobone? Não, que isso não é ter maneiras!

Oh God, onde é que estavas com a cabeça quando deixaste isto acontecer? Devias estar a beber copos com o anjo Gabriel, não é?

Humpf!

 

 

http://fotos.sapo.pt/WbOQZ7e2t62IG0SwAPp8/

tags:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 12:33
link do post | comentar | Flatulências (8) | favorito

Mas não levam a mal o quê?

Ontem fiquei em casa, ao estilo reclusa.

Afastada a necessidade de trabalhar neste feriado, aproveitei para dormir. E para dar mais um empurrãozinho à tese...

Mais uma vez reclinei educadamente convites para ir para Torres Vedras, para ajudar a fazer fatos de Carnaval (não, não me apetecia por aí além ser um elefante), apesar de ter de o fazer todos os anos. Recusar, isto é.

Foi um dia bastante blasé. Só o Telejornal me veio relembrar da razão pela qual fiquei em casa. Tanta gente adulta a fazer figuras estranhas. Parece que as pessoas entram numa dimensão paralela por altura do Carnaval. Senão veja-se: os homens vestem-se todos de mulheres. Podem ser muito machos durante todo a ano, mas chega o Carnaval e é vê-los de meia de rede. As mulheres vestem-se (despem-se) como se estivessem 40 graus à sombra, porque o Carnaval português é afinal brasileiro. Durante dois ou três dias, somos nós a colónia do Brasil, como eles foram há 500 anos. Só que aqui os exploradores não têm de obrigar os nativos a adoptarem os seus costumes. Nós fazemo-lo de boa vontade.

E lá vão as nossas pseudo-estrelas receber mais dinheiro do que fazemos em seis meses de trabalho a sério. A Nereida, a rapariguinha que o Ronaldo baptizou para o mundo, cobrou 4000 euros por 4 horas numa terreola qualquer, por beijar o povo. Sim, são mais de 16 euros por minuto.

E depois são os putos todos armados de balões de água e ovos, a perseguir velhotes e novos, ao mais puro estilo Lord of the Flies! E o pobre coitado que é atingido por uma rajada de água, ovos e farinha ( uma pitadinha de sal e vai ao forno), que fica com gema de ovo em sítios que nem sabia que existiam, que mal consegue abrir os olhos com a clara a solidificar, que vai ter de ir trabalhar a seguir naquele belo estado, não pode levar a mal! Não pode, uma bitch slap na tromba para ver se não pode!

Mas afinal, o que significa festejar o Carnaval? Pelo que vemos na TV, significa andar aos saltos no meio da rua com vestimentas estranhas, mascarar os putos que ainda nem sequer têm idade de perceber que aquela não é maneira normal de uma pessoa se vestir. Significa beber até cair para o lado e aí ganhar coragem para assediar as gajas que se vestiram de espanholas, ou lá o que aquilo era. No caso das senhoras, vestir (despir) umas armações estranhas que as fazem parecer uns quaisquer artrópodes e aguentar com um sorriso a baba que escorre de velhos e novos.

Basicamente, festejar o Carnaval é porta de entrada para um enorme bacanal. E agora já percebo o enfoque que as pessoas dão à celebração. Copos, música má e sexo! Que mais poderíamos nós querer?!

Ah, e também é desculpa para sermos porcos como o raio que nos parta! A quantidade de papelinhos e serpentinas que vi só esta manhã, num percurso de 15 minutos, espalhados pelo chão, era bem capaz de servir para reflorestar a Floresta Amazónica.

 

 

Oh para ela mascarada de folha!

 

 

tags:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 09:44
link do post | comentar | Flatulências (10) | favorito
Domingo, 3 de Fevereiro de 2008

Brains vs Looks - A batalha

Parece que a Diana Chaves vai ganhar 20 000 euros para desfilar num qualquer corso de Carnaval deste nosso país. Neste caso em dois, Buarcos e Loulé. Vinte mil euros, quatro mil contos na moeda antiga.

Pá, estou ofendida com isso. As coisas que são valorizadas na nossa sociedade e um pouco por toda a sociedade ocidental, ofendem-me!

Às vezes ponho-me a pensar: mais vale desistir do mestrado e investir o dinheiro que poupo em 20 litros de silicone, aulas de desaprendizagem da gramática e tinta para o cabelo, tom louro platinado. Estava garantida! E assim conseguia a tal casa na Expo em dois tempos!

Na eterna batalha entre "brains and looks", estamos a levar uma abada dos "looks". E agora, não, não vou enfiar para aqui uma foto da Diana Chaves, se bem que seria um atractor de visitas a este blog que nem vos passa! Para satisfazer um pedido expresso da Mamie, ficam com este:

Sabem, ao que consta, o rapazinho até conjuga os dois campos! Mas qual é que será que lhe traz mais dinheiro?

sinto-me: Já aflita de tempo

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 19:11
link do post | comentar | Flatulências (24) | favorito

Ninguém percebe o Leonardo. A Mona Lisa nao estava a sorrir, estava com gases. É o primeiro registo de arte escatológica.

E-mail
Facebook
No Twitter

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Outra razão para eu não g...

. Mas não levam a mal o quê...

. Brains vs Looks - A batal...

.últ. comentários

Mesmo... É incómodo lembrar.
Ainda custa a digerir o desaparecimento de um ídol...
as aveiros devem estar a ferver...
Oh pá, e eu já nem me lembrava disto. E foi tão b...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Quantos já cá vieram soltar gases

.Quem anda aí...

online
Add to Technorati Favorites
blogs SAPO

.subscrever feeds