Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

Resquícios das festas passadas

Como sabem, a minha passagem de ano foi em Tomar. Nunca tinha tido tanto frio!

Assim que nos foram buscar e abri o vidro para receber algumas indicações, vi logo que não estava, lá fora, a amena temperatura de 22 graus que se sentia dentro do carro.

Já chegámos um pouco tarde, passava já das 22 e 30. Começámos a jantar já depois das onze e não foi com muita surpresa que a meia-noite chegou e ainda não tínhamos terminado...

Ou seja, deixámos o jantar a meio e fomos dar as boas vindas ao novo ano. Lá fora! Quando voltámos para dentro, já não sentia nem pés, nem mãos, nem.... nada, basicamente. E regressámos ao nosso jantar, já um bocado para o frio. E depois foram as garrafas de vinho... Todos os anos digo que não vale a pena beber um bocado mais para no dia seguinte aturar aquele tipo de ressaca... Todos os anos me esqueço que disse isso.

Fizémos muitas figuras tristes, o que vale é que estamos entre amigos, caso contrário lá ia eu espreitar o YouTube e rezar que ninguém se tivesse lembrado.

Bastantes horas mais tarde, fui ao carro para espreitar a temperatura. Um grau negativo! Estava claro que o única local seguro numa situação dessas, era debaixo dos lençóis.   

No dia seguinte, acordei com a dor de cabeça mais marada dos últimos tempos. E só me lembrava que ainda tínhamos que fazer a viagem de volta para baixo.

O que eu detesto viajar no dia 1 de Janeiro! É o mais próximo da tortura. Temos de ir atentos a todos os carros que viajam atrás e à nossa frente, não vá algum doido atirar-se para o lado, sem se lembrar que tem espelhos. Tantas vezes que íamos vendo choques em cadeia... Se as pessoas compram carros só para viajar nestas alturas porque é que não utilizam táxis? Não matam ninguém, e de certeza que fica mais baratinho do que comprar o belo do bólide só para o utilizar na altura das festas...

A A1 está um desastre, com aquelas obras que duram há quatro ou cinco anos. Se temos de fazer não sei quantos quilómetros a menos de 80 e estar com atenção redobrada àqueles sinais que não percebemos bem e que, quando se manifestam em questões práticas, significam que temos de mudar de faixa e rezar para não levar com nenhum marreta em cima, porquê, pergunto eu, temos de pagar as portagens integralmente? Porque a A1 deixa de ser auto-estrada assim que entramos nesses troços...

Enfim, mas cá estou, inteira e pronta para enfrentar o novo ano. O que na prática continua a ser estar enterrada em trabalhos durante mais algum tempo. Pelo menos até Fevereiro...

Portanto, dêem-me licença que cá vou eu, acabar um e começar outro, que amanhã já há aulas... Ao menos deviam esperar até nos ter realmente passado a ressaca.

Ah! Sei que ando muito ausente dos outros blogs, quer seja para visitar ou comentar, mas tenham um pouco mais de paciência que, mais cedo ou mais tarde, as coisas voltam ao normal! Espero eu... 

sinto-me:

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 22:38
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De catia a 3 de Janeiro de 2008 às 00:19
Pois então, feliz ano novo!


De A Mona Lisa tinha Gases a 3 de Janeiro de 2008 às 00:44
Feliz Ano novo, Cátia!
Beijinhos


De ines a 3 de Janeiro de 2008 às 13:49
Em vez de ires para Tomar congelar até aos ossos, devias era ter vido para Portimão... Não estava propriamente calor, mas aguentava-se bem... E foi uma passagem de ano espectacular, com 15 minutos de fogo de artificio - um cordão de fogo de artificio de 5 km, fora o resto da animação... =P

Mas pronto, para o ano há mais do mesmo... Espero que estejas melhor da ressaca... =D


De A Mona Lisa tinha Gases a 3 de Janeiro de 2008 às 21:32
É, já ouvi dizer que foi de arromba! Mas também me diverti imenso. Gelada, mas divertida!
Já estou muito melhor, pronta para outra! LOL


De Teresa a 6 de Janeiro de 2008 às 17:28
Lol bem te percebo quanto à falta de tempo para visitas a blogs e coments, eu agora já voltei à minha rotina, já vou ter mais tempo :)

Estou a ver que a passagem de ano foi em grande

Bom início de ano e de trabalhos, bjokas***


De A Mona Lisa tinha Gases a 6 de Janeiro de 2008 às 20:40
Eu ainda não, tenho tanto trabalho para fazer! Até dia 7 de Fevereiro mal vou conseguir respirar! Que horror!

A passagem foi fixe, muito fria, mas fixe! :)
Beijinhos


Comentar post

Ninguém percebe o Leonardo. A Mona Lisa nao estava a sorrir, estava com gases. É o primeiro registo de arte escatológica.

E-mail
Facebook
No Twitter

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 185 seguidores

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Vira lá a outra face

. O acessório

. O meu busto é mais bonito...

. Aquarius

. Vamos fazer amigos entre ...

.últ. comentários

Mesmo... É incómodo lembrar.
Ainda custa a digerir o desaparecimento de um ídol...
as aveiros devem estar a ferver...
Oh pá, e eu já nem me lembrava disto. E foi tão b...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Quantos já cá vieram soltar gases

.Quem anda aí...

online
Add to Technorati Favorites
SAPO Blogs

.subscrever feeds