Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007

É bom, é muito bom!

Há coisas que deixam qualquer pessoa doida. Há outras em que ninguém acredita, de tão imbecis que são. E há ainda coisas que nos fazem questionar regimes, governos e instituições. Esta cabe em qualquer das categorias acima descritas:

 

Há uns tempos, começou a circular na faculdade (e não só na minha, em todas as faculdades da Universidade de Lisboa) o rumor de que todo o capital que os alunos recebiam sob forma de bolsa de estudo, teria de ser devolvido, em prestações, após o fim do curso. Ou seja, quando começamos a trabalhar, a ganhar o nosso dinheiro e a ponderar coisas tão banais como comprar um carrito ou um T0 num sítio qualquer, não podemos porque já estamos endividados com outra entidade: o estado.

Eu já nem ponho em causa o pagamento ou não de propinas e a questão de supostamente  o ensino ser um direito fundamental consagrado na Carta de Direitos do Homem... Tínhamos as casas de banho numa desgraça e graças ao dinheiro das propinas, agora já não tenho de aguentar o dia inteiro sem ir à casa de banho. Ou seja, a faculdade tornou-se um pouco menos repulsiva a esse nível. O que eles fazem com os subsídios anuais do estado, eu não sei e nem sequer vou por aí. Agora, atribuir uma bolsa de estudo porque o aluno é carenciado e depois pedir-lhe de volta, quando entra no mercado laboral é hipotecar os inícios de vida de milhares de jovens! Biltres!

Mas isto passou e nunca mais ninguém falou nisso. Eis se não quando, hoje vejo no Correio da Manhã, a notícia de que mais de 800 alunos do ensino superior estão a usufruir do "novo sistema de empréstimos" do estado para pagar propinas. Ainda por cima os senhores apresentam este facto como sendo uma coisa fantástica pois "Os alunos que peçam este empréstimo beneficiam de uma taxa de juro mínima e sem depender de avales ou garantias patrimoniais."

Ou seja, os pobres coitados que não têm o ensino superior pago pelos pais, têm de pedir empréstimo para pagar as propinas de um curso que muitas vezes nem sequer lhes garante colocação na área, ou em casos mais graves, em qualquer área que seja e a propaganda do estado diz-nos que é fantástico porque têm juros baixos...

Eu já ouvi falar de uma coisa assim, com este tipo de publicidade enganosa: acho que se chamava Estado Novo... 

sinto-me: Enganada

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 00:19
link do post | comentar | favorito
13 comentários:
De Anónimo a 20 de Dezembro de 2007 às 02:17
Este sistema funciona nos Estados Unidos, Japão , Suécia, Alemanha, Coreia, Canadá , países que têm as melhores Universidades e os mais altos indices de licenciados do Mundo. Será que são paises de gente idiota governada por biltres?
Pensar e saber muito antes de falar, ensinou-me um grande professor que tive.


De joão palmela a 20 de Dezembro de 2007 às 11:49
Se fosse antes do 25 de Abril, mesmo anónimos, nós sabíamos de quem vinham estes comentários, pois só podiam ser dos bufos da pide , agora, só se imaginarmos e como podem ser tantos o melhor é supormos que é de apenas mais um tachista .
João Palmela


De A Mona Lisa tinha Gases a 20 de Dezembro de 2007 às 19:05
Esperemos que sim, amigo João! Esperemos que sim...


De silentvoices a 20 de Dezembro de 2007 às 19:32
shiiuuu... (sussurrar) A culpa é tua Andreia, de teres um blog tão conhecido... então não estão a ver que é o sr. engº Socrates shiiuuu... não me digam que não repararam? É o mesmo discurso! Cuidado que ainda levas com um processo...




De A Mona Lisa tinha Gases a 20 de Dezembro de 2007 às 20:35

Vou-me já esconder!
Eu até gosto do Sócrates! É um tipo porreiro, pá!
LOL


De Vanessa a 20 de Dezembro de 2007 às 19:40
E quem foi esse Prof.? O prof. Pardal não?


De A Mona Lisa tinha Gases a 20 de Dezembro de 2007 às 20:39
Coitado do homem! É um bom conselho. Quando utilizado de forma inteligente...


De Arroto Azul a 20 de Dezembro de 2007 às 19:52
A verdade é que querem acabar à força com as universidades públicas... o que resta? o caminho da privatização!

Há umas semanas atrás ouvi uns zunzuns de que alguém se preparava para propor que as universidades públicas existentes fossem apenas nas grandes cidades, do género Porto, Lisboa, Algarve e pelo meio talvez restasse Setúbal. As que tivessem a mais fechavam!!! Quem vivesse longe destes grandes pólos ou tinha dinheiro ou estava tramado.

Outra coisa gira é aquela de termos uma conta para pagarmos os nossos estudos e assim que acabarmos o curso começar a pagar o que recebemos... no prazo dum ano salvo erro...

Um dos ministros deste país que não me recordo o nome, foi questionado acerca de os alunos acabarem o curso e começarem logo o seu futuro com dívidas... ele respondeu que isso era uma decisão dos alunos, que já sabiam com o que podiam contar e que era uma forma de ganharem responsabilidade. O jornalista referiu que é difícil arranjar emprego assim que se acaba um curso e que nem sempre é fácil perspectivar saídas profissionais desse curso. O ministro disse que hoje em dia já se sabem que saídas profissionais existem e que o aluno é que tinha de decidir!! Enfim...

Desculpa ser um post tão grande, mas tive tanto tempo sem comentar é para compensar... LOL !


De A Mona Lisa tinha Gases a 20 de Dezembro de 2007 às 20:43
Olá Arroto!
Estás à vontade, entendo que é uma situação que te irrite como me irrita a mim. Todas essas coisas que referiste, também já as ouvi. Claro que nunca sabemos até que ponto os rumores têm alguma base de verdade. Mas há uns tempos começou-se a falar de reestruturar as faculdades de forma a funcionarem como empresas e isso é já uma realidade. Espero que desta vez isso não se verifique.
Porque senão, temos bom remédio! Acabamos o curso, pegamos nas nossas coisinhas e Europa connosco. Talvez até para um dos países que o senhor teve a amabilidade de sugerir...


De Miss Pepper a 20 de Dezembro de 2007 às 23:03
O sr. anónimo deve ter a 4º classe, se é que a conseguiu concluir... Se calhar antes de criticar os outros era melhor ver-se ao espelho. Adiante!
efectivamente eu já tinha ouvido falar desse sistema de "empréstimo". Já não basta a pipa de massa que gastamos durante a faculdade em fotocópias, livros e etc. e ainda temos que pagar os juros das propinas? Pagar propinas ainda é como o outro mas juros?
Eu como sou uma grande vítima do ministério da educação dos diferentes governos, desde há 11 anos para cá, sou uma grande revoltada destas coisas. E já nem digo mais!

Xinhus!


De A Mona Lisa tinha Gases a 21 de Dezembro de 2007 às 00:26
É assim mesmo Pessoinha! Quem fala assim não é gago! LOL
Os professores são realmente o saco de pancada favorito do governo... Melhores dias virão!


De Crisálida a 21 de Dezembro de 2007 às 18:18
Aqui no Brasil tem isso há tempos... Concordo quando parte de Instituições Privadas, porque às vezes é a única oportunidade que alguém com potenciais recebe para se desenvolver, ter uma profissão e alguma projeção na vida. Em um país onde a educação é um caos, qualquer ajuda é válida. Mas acho asqueroso e tenho vontade de vomitar quando vem do Governo. Já não basta o tanto que roubam? Ainda querem nos emprestar o nosso próprio dinheiro!


De A Mona Lisa tinha Gases a 21 de Dezembro de 2007 às 21:28
É verdade, parece que estão a gozar connosco... Mas não nos podemos calar. A inércia é o melhor aliado da injustiça...


Comentar post

Ninguém percebe o Leonardo. A Mona Lisa nao estava a sorrir, estava com gases. É o primeiro registo de arte escatológica.

E-mail
Facebook
No Twitter

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. O acessório

. O meu busto é mais bonito...

. Aquarius

. Vamos fazer amigos entre ...

. Dia 25: Saiu de casa e ai...

.últ. comentários

Mesmo... É incómodo lembrar.
Ainda custa a digerir o desaparecimento de um ídol...
as aveiros devem estar a ferver...
Oh pá, e eu já nem me lembrava disto. E foi tão b...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Quantos já cá vieram soltar gases

.Quem anda aí...

online
Add to Technorati Favorites
blogs SAPO

.subscrever feeds