Quarta-feira, 26 de Setembro de 2007

Porquê EU???

Hoje estou cansada, desgostosa, indignada e ligeiramente neurótica. Às quatro da tarde entrei para a entrevista de candidatura ao mestrado e quinze minutos depois saí de lá com a sensação de ter sido profundamente gozada. Não fosse a presença da professora C., que já me conhece há uns anitos e acho que me tinha dado uma coisinha.

Eu tenho um método já com créditos firmados, para lidar com certo tipo de pessoas. É sorrir muito, independentemente do que me digam, ostentar um ar algo distanciado e falar um pouco mais alto e bastante mais pausadamente que o normal. E basicamente, mostrar alguma indiferença e descontracção . Por incrível que pareça, os narizes mais empinados, reagem melhor se forem tratados desta maneira. Desta vez, não resultou... Repito, não fosse a presença da professora C. e não sei se teria conseguido esconder toda a minha indignação. É que aquela professora, nem sei explicar porquê, sempre me inspirou a fazer mais e melhor. Sempre teve alguma consideração por mim e o sentimento é mútuo.

Depois disto tudo já não sei se quero fazer o mestrado. Aliás, se não entrar, vou encarar a situação quase como uma bênção. Eu sei que ainda estou a quente e provavelmente amanhã já não pensarei assim, mas neste momento, acho que já não há paciência. Em Fevereiro, se ninguém se lembrar de me fazer a folha, estarei licenciada. E nessa altura, faço-me à vida, como diz o senhor Belmiro!

Se, por acaso, tiver entrada, lá faço o mestrado. Mas com brio, que é para a professora C. ficar orgulhosa.

Mas hoje não quero pensar nisso. Estou demasiado ocupada com demasiados sentimentos e nenhum deles muito positivo. Vou fazer uma sesta, pode ser que me passe a neura. E vou-me preparar psicologicamente para amanhã. Quer-me cá parecer que todos os meus receios serão confirmados. Custa muito um bocadinho de simpatia e boa vontade ? Afinal, somos todos seres humanos. E nunca se sabe se daqui a uns anos não poderá, alguém muito parecido comigo, estar a ocupar o cargo de ministra da educação, por exemplo. A política nunca me assustou...

A sorte, no meio disto tudo, é que eu não sou nada vingativa e tenho a memória muito curta!   

sinto-me: Ninja! Um rotativo na boca!

publicado por A Mona Lisa tinha Gases às 18:47
link do post | comentar | favorito
14 comentários:
De Arroto Azul a 26 de Setembro de 2007 às 19:33
Digam o que disserem, existem sempre professores contentes por lixarem a vida dos alunos.

Embora num contexto um pouco diferente dá para ver de que de fibra são feitos alguns deles... na minha faculdade já me chumbaram por 4 décimas e a colegas meus por uma décima!!! No ano a seguir ainda tiveram a lata de perguntar a esse aluno se tinha ou não tinha valido a pena chumbar, para ter tido uma nota tão boa!! A resposta foi óbvia.

O ano passado chumbaram-me por 6 décimas e quando falei com o professor ele disse-me que até mas podia dar como já tinha feito anteriormente a outros alunos, mas que eu não merecia!!!! Eu que assisti a todas as aulas ao longo do semestre.. é natural que ele não soubesse disso, era apenas o regente da cadeira e não meu professor. Ainda teve a lata de dizer que assistir às aulas não entra para avaliação...

É engraçado como uma pessoa que não nos conhece de lado nenhum pode condicionar tanto a nossa vida!!


De A Mona Lisa tinha Gases a 26 de Setembro de 2007 às 21:19
Já vi professores entregarem testes avaliados com um 1, com um sorriso nos lábios. Haverá algo mais maldoso que isto? Por muitas reformas que haja, estaremos sempre à mercê de uns quantos tiranos...


De Ana_v a 27 de Setembro de 2007 às 18:20
Desculpem lá meter-me na conversa mas sempre que se fala em injustiças na faculdade dá-me uma volta ao estômago. Eu já vi muitas, já passei por algumas e sei o que custa ver profs fazerem o que querem e gozarem com o esforço dos outros. Sem falar dos critérios que eles usam e que muitas vezes mudam de aluno para aluno.


De A Mona Lisa tinha Gases a 27 de Setembro de 2007 às 18:41
Olha! Se por acaso tivesse que se pedir permissão para entrar na conversa, achas que tu tinhas, nini !?
Entendo perfeitamente o que dizes. Mas no meio de tanta gente mesquinha, alguns deles tinham que ir parar às faculdades! É o nosso azar... E a prova que ser licenciado ou doutorado ou o que quer que seja, não faz de nós melhores pessoas...


De Ana Boaventura a 26 de Setembro de 2007 às 21:22
Quando estou assim possessa, um chocolate ou gomas e uma boa noite de sono, ajuda, de cabeça fria pensamos sempre melhor.
Bjokas


De A Mona Lisa tinha Gases a 27 de Setembro de 2007 às 08:52
É verdade, esta manhã já me sinto muito melhor! Obrigada. Beijinho


De ruben a 26 de Setembro de 2007 às 22:29
não ligues porque a intenção é mesmo essa, desmoralizar-te, derrotar-te. welcome to the mary go round. na vida é preciso entender as duas perspectivas de um confronto; a nossa e a dos nossos interlocutores. na tua óptica (que é muito normal) está uma aluna frente aos seus mestre, na perspectiva deles tu já és concorrência. e é a partir desse plano que tens de começar a achar normal o comportamento deles e deixares a tua legitima indignação guardada na caixinha. as universidades são cursos de formação profissional para quadros superiores, já não é a escola, o ambiente de competição é diferente. é necessário teres isso em mente para te preparares e gerires previamente o teu endurance psicológico e mental. eu podia dar-te alguns exemplos dramáticos mas não te quero assustar e depois eles também não se encaixam no teu perfil, penso eu. a partir de agora docinho, é a vida real e a primeira regra manda que "para sacana, sacana e meio" e isso significa fazer exactamente o oposto de começar a espingardar com eles, é exactamente isso que eles pretendem. a técnica é mais a de "deixa-os poisar". esse prof dos cincos valores com direito a um sorriso devia levar, e com muita legitimidade, um murro entre os olhos como terapia, para ver se acorda para a vida, mas é exactamente ao contrário que se deve fazer. o teu colega tem de sorrir para ele também e levar o teste a um professor amigo para o corrigir. isto para começar e depois armar-lhe a cama de forma a que todos vós lhe ponham um par de patins nos pés como prenda de natal (isto é tudo muito hipotético, claro está). bem-vinda á técnica da facadita nas costas, é assim que funciona, são estas as regras do jogo. esquece a frontalidade e o jogo limpo. eu estou em casa há mais de seis meses e alguém é responsável pela minha condição de saúde, alguém que diz que eu sou como se fosse da família. é claro que o sangue ferve-me nas veias quando o oiço a dizer tamanha hipocrisia e cinismo e também quando sei que ele me faz elogios rasgados de competência, nas minhas costas para que eu venha a saber. em vez de me indignar, eu sorrio com a expressão da maior gratidão e digo que ele é muito generoso. é claro que também sei o que ele diz de mim mas noutros meandros, ele é que pensa que não. a vida é mesmo assim, ele não perde por esperar, é uma questão de tempo até eu o poder deixar apeado em relação ás conveniências que o relacionam comigo. não te deixas desmoralizar com mal intencionados, tu não os mereces, és muito melhor que isso e que eles e talvez um dia venhas mesmo a ser ministra deles. tu não sabes mas eu conheci em tempos pessoas que nunca imaginaria que viessem a desempenhar as funções que desempenham hoje na sociedade, portanto toca a marchar em frente e rumo ao mestrado porque hoje em dia com o processo de bolonha a andar, é importantissimo tira-lo. beijinho, fica bem, ruben.


De A Mona Lisa tinha Gases a 27 de Setembro de 2007 às 08:57
As pessoas são tão parvinhas! Que estupidez... Sempre me ensinaram a jogar limpo mas com o tipo de parvoíce que anda por aí... Se calhar já é tempo de deixar de dar a outra face!


De estrelanomar a 27 de Setembro de 2007 às 02:16
olá

Não estejas triste.
para a frente é que é o caminho e melhores dias virão.
Pensamentos positivos!

Beijos


De A Mona Lisa tinha Gases a 27 de Setembro de 2007 às 08:59
Olá!
Já passou! Obrigada!

Beijinhos


De sAndRa a 27 de Setembro de 2007 às 18:53
ui que medo!! Estas mesmo furiosa, toma um banho quente e da umas risadas com os amigos que isso passa.
beijus


De A Mona Lisa tinha Gases a 27 de Setembro de 2007 às 22:44
Oh, isto é mais fogo de vista que outra coisa! Lol


De Antonovsky a 27 de Setembro de 2007 às 21:42
Não ligues a essas coisas, faz parte do "jogo". Aliás até deve servir para te motivares mais no teu empenho.
Força, boa sorte.


De A Mona Lisa tinha Gases a 27 de Setembro de 2007 às 22:45
Obrigada! Lá para Sexta-feira da semana que vem já devo saber o resultado! Tenho medo!!!!


Comentar post

Ninguém percebe o Leonardo. A Mona Lisa nao estava a sorrir, estava com gases. É o primeiro registo de arte escatológica.

E-mail
Facebook
No Twitter

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. O acessório

. O meu busto é mais bonito...

. Aquarius

. Vamos fazer amigos entre ...

. Dia 25: Saiu de casa e ai...

.últ. comentários

Mesmo... É incómodo lembrar.
Ainda custa a digerir o desaparecimento de um ídol...
as aveiros devem estar a ferver...
Oh pá, e eu já nem me lembrava disto. E foi tão b...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Quantos já cá vieram soltar gases

.Quem anda aí...

online
Add to Technorati Favorites
blogs SAPO

.subscrever feeds